À melhor mulher do mundo


Sei que vai ser difícil escrever isto. Não porque não tenho nada para falar e não posso encher linguiça, mas sim porque tenho muito a falar e não quero me delongar. Vou tentar.

O título desse texto é sincero, para começo de conversa. Ele não tem a mesma pretensão de alguns anúncios publicitários: chamar atenção (por mais que talvez ele possa ter chamado a sua). Esse texto foi escrito para a que é, para mim, a melhor mulher do mundo. Sem mais nem menos.

À melhor mulher do mundo, minha gratidão
Não é tão simples achar alguém que se importe e ame com todas as suas forças. Mas, graças a Deus, eu nem precisei procurar. Junto com o sopro da vida, ganhei de presente uma pessoa assim. São incontáveis as vezes em que ela não só sentiu, mas demonstrou carinho e zelo por mim. Desde chegar em casa e sentir aquele cheirinho - delicioso - de bolo saindo do forno (ou microondas haha), até receber um colo nos piores momentos. Ela me apoia quando tenho as ideias mais loucas, me aconselha quando percebe que estou num dilema e me corrige quando vê que estou errada. Não vou exemplificar muito aqui, porque demoraria séculos para no fim dizer que ela é sensacional. Muito obrigada, por tudo. Mesmo. (Acho que palavras não são tão boas para isso quanto pensei)

À melhor mulher do mundo, minha admiração
Ela tem atitudes das quais às vezes me envergonho. Calma, não me envergonho dela, mas sim de mim mesma. Ela supera todas as dificuldades possíveis e infinitas vezes faz o que Jesus faria. Ela tem força, raça, gana, graça, sonho e fé na vida (obrigada pela ajuda, Milton Nascimento). A melhor mulher do mundo é uma fonte inesgotável de inspiração. Ela é linda, sensível e seu sorriso é um dos mais belos que eu já vi. Seus olhos tem luz, tem brilho. Ela sonha, ela faz. Para me colocar pra cima ela é mais do que capaz. Me sinto honrada quando ouço (praticamente todos os dias): "Vocês são muito parecidas!". Sei que geralmente falam da aparência, mas nós duas sabemos que o jeito e a personalidade também são parecidos (mais, talvez, que o exterior). E eu ficaria ainda mais lisonjeada se um dia meu coração tivesse um pouco da beleza que o coração dela tem.

À melhor mulher do mundo, meus conselhos
Ela tem que ser ela mesma. Ela precisa continuar com a leveza, a compaixão e o senso de justiça. Ela não pode se deixar influenciar muito, não. Que ela feche os ouvidos para as vozes que não trazem vida e abra-os para as vozes que precisam de vida, ou a trazem. Essa mulher não pode parar de sonhar, jamais! Ela ainda tem muita coisa para realizar. Que ela permaneça com os olhos fixos Naquele que primeiro a amou.

À melhor mulher do mundo, minhas promessas
Assim como ela me protege, eu a protegerei. Acho ela boa demais para esse mundo. Se precisar de apoio, ela pode contar com o meu. No dia a dia ela me alegra tanto! Sempre que possível, eu vou tentar arrancar um sorriso seu quando estiver chorando. E se eu não conseguir, choro junto. Não precisa se preocupar, sozinha ela não vai estar. No que depender de mim, sou companhia (presente ou não). No que não depender, o Espírito Santo é um ótimo companheiro. Disso eu duvido: amá-la como ela me ama. Mas eu vou tentar, e dessas coisas eu não desisto fácil. Orarei por ela sempre, e muito. Tá, tá, deu de fazer grau (mas ele é verdadeiro), o que importa é que ela pode contar comigo.

A Deus, meu obrigada por poder chamar de mãe a melhor mulher do mundo.

Feliz aniversário, mãe! Acho que ficou claro, mas vou dizer: eu te amo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O segredo do amor próprio - Feliz Dia da Mulher!

RESENHA - O Poder da Língua

Está tudo bem em não estar bem