RESENHA - O Poder da Língua

Primeiro, quero deixar bem claro aqui que não estou fazendo essa "resenha" (aspas porque o livro não tem bem uma história, apenas vou falar pontos que ele traz) com o propósito de converter alguém à minha religião (pois o livro é cristão) e também não quero julgar ninguém. Provavelmente muitos não vão concordar, por diversos motivos, com o que eu vou escrever, e está tudo bem! Faço, nos últimos meses, resenhas dos livros que eu leio, e não teria motivo para ser diferente com esse, que me fez refletir muito. Será uma resenha mais séria.
Bom, eu falo demais. Falo em horas que não devo, falo coisas ruins por impulso, e gasto minha saliva discutindo coisas que nem são tão importantes (claro que acho o debate muito válido, mas enfim). O Poder da Língua, com base bíblica, me mostrou que temos que ter cuidado com o que sai da nossa boca. 
"(...) Pois a boca fala do que está cheio o coração" Mateus 12:34
Esse versículo é extremamente importante. Falamos o que está dentro de nós. Assim, quem nos escuta, sabe o que está ocupando nosso coração. Também por isso temos que cuidar o que falamos. Além disso, a língua tem poder, e pode ser usada para o bem, ou para o mal.
"Precisamos entender definitivamente que palavras podem destruir quando usadas da forma errada."
Quando desejamos algo a uma pessoa, isso pode realmente atingir ela. Portanto, se falamos a alguém "Morra!", mesmo que de brincadeira, estamos proferindo uma palavra, literalmente, de morte sobre ela, o que pode ser muito perigoso. 
"Não existe fofoca inocente."
Eu sempre soube que fofoca não era uma coisa boa, mas, cada vez mais, esse ponto tem me feito refletir. Como sou uma pessoa curiosa, e que gosta muito de falar, erro muito nesse aspecto. Todo tipo de fofoca é ruim, e não adianta disfarçar.
Outro ponto é falar o nome de Deus em vão. Sempre falei muito "meu Deus!", como uma expressão de surpresa. Porém, segundo a Bíblia, devemos respeitar o nome de Deus. Seu nome revela sua natureza, e deve ser tratado de uma forma grandiosa, pois Sua natureza é grandiosa. E também, ao falarmos o nome de Deus por qualquer coisa, nossa oração perde poder.
Já deu para perceber que a língua tem uma força sobrenatural. Quando falamos uma afirmação, com fé, isso dá em alguma coisa. Quem acredita e ama Deus, precisa alinhar o que fala com o que a Bíblia fala. Assim passamos a ter um coração segundo a vontade de Deus, não só falando coisas boas, mas realmente cheios delas.
Quando falamos muito sobre dinheiro, nos tornamos apegados a ele. Isso não é certo, pois não se deve amar o dinheiro (por mais que ele seja necessário). Não devemos colocar nossa alegria em bens materiais, mas devemos usar o dinheiro para abençoar as pessoas e compartilhar a Palavra de Deus. Muitas vezes, quando passamos por alguma dificuldade financeira, Deus nos "testa" para ver se temos fé que coisas melhores estão por vir. Portanto, reclamar diante desses problemas não é uma solução, e até pode piorar a situação, entristecendo Deus e o nosso próprio coração.
Diante de tantos "isso é errado", "precisamos ter cuidado com isso", até parece que a Bíblia é um livro cheio de regrinhas e que O Poder da Língua está cheio delas. Porém, não é bem assim. A Bíblia é um livro maravilhoso, com uma história maravilhosa, e cheio de ensinamentos/conselhos maravilhosos para ter uma vida plena. E as palavras também podem trazer a vida. O autor, Gary Haynes, fala que Jó, um cara de Deus, "foi muito sábio em usar a sua boca como arma de vida". Que possamos falar palavras de vida, palavras boas, que deixem mais feliz o dia das pessoas que estão ao nosso redor.
"Com certeza, por meio do que você fala, poderá evitar tragédias e calamidades e liberar o poder de Deus para fazer milagres."

Comentários

  1. Fiquei tão curiosa que sai do instagram e vim aqui ler o resto da resenha. Achei muiyo interessante e fiquei com vontade de ler. Mesmo não acreditando em certas coisas a bíblia realmente trás ensinamentos valiosos que trazem coisas boas. Amar e espalhar amor é crucial nesse mundo.
    Gostei muito da sua resenha.

    Natália do ig @livrossaofilhos

    ResponderExcluir
  2. Fico muuito feliz que tu tenha gostado!! O amor é o elo perfeito, mesmo. Obrigada pelo carinho, beijo!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O segredo do amor próprio - Feliz Dia da Mulher!

Está tudo bem em não estar bem